HISTÓRIA DA IGREJA

Breve Relato de Nossa História - Primeira Parte Como testemunha ocular da história da Igreja, podemos confirmar que a trajetória deste trabalho batista em Araci, foi marcada com lágrimas, sangue e suor, mas também, com muita alegria no Espírito Santo, com grandes vitórias e realizações. Eram meados de 1990, faz muitos anos desde que a pioneira Irmã Maria Andrade Lopes e sua filha, iniciaram com bravura e pioneirismo a primeira congregação, com o apoio da Segunda Igreja Batista de Feira, na Pessoa do Pastor Jair, e logo depois com o apoio da Primeira Igreja Batista de Serrinha, na pessoa do Pastor Edvaldo. Foi um tempo difícil, pois além das limitações naturais, a “Semeadura da Palavra” estava sendo feita em plena época de “seca espiritual”. Na caminhada, pudemos contar com algumas outras pessoas que contribuíram com a obra na liderança do trabalho. O saudoso Pastor Charles Alves de Oliveira (1995 a 1997, e 1999 a 2002), partiu inesperadamente para encontra-se com o Senhor, e muito nos deixou saudades. A seminarista Ana Márcia Oliveira Cerqueira (1997 e 1998) e mais recentemente o Irmão José Edvalson Pereira (2002 a 2004), deixaram também suas marcas. Quando assumimos o trabalho em dezembro de 2004, um grande propósito nos ardia dentro da alma. Ver a Congregação ordenada como Igreja regular da denominação Batista, com personalidade jurídica própria, era um grande sonho. “Um lindo sonho de amor”, que estava não só no coração de Deus, mas também no coração e no olhar de cada irmão e irmã. Com o apoio da Igreja Batista Monte Horebe de Serrinha, na firme liderança do homem de Deus, Pastor Reverendo Jurandes Santos Moura, todos os passos foram dados de forma ordenada e correta, até que o dia chegou. No dia 25 de março de 2006, “os céus cantaram de alegria, os anjos sim, em harmonia”. A felicidade tomou conta de todos quando o pastor anunciou no púlpito: “Os irmãos que agora passaram pelo exame do concílio foram aprovados”. Desde aquele momento então, a Congregação passou a ser chamada e reconhecida, como “Primeira Igreja Batista de Araci”. Nesta mesma data, fomos empossados como Pastor Presidente da Igreja, onde permanecemos pela misericórdia de Deus até hoje. “A Deus demos glória com grande fervor”, assim inicia uma das nossas lindas canções. Assim nós também, glorificamos a Deus. Ressaltamos que esta conquista não foi só da denominação Batista, mas também da cidade de Araci e do povo de Deus, é por conseguinte do evangelho puro e santo de Jesus Cristo Nosso Senhor e do Reino de Deus. Assim ressaltamos que: “Quando Deus quer é assim, as coisas acontecem, e acontecem não no nosso tempo, ou no tempo que queremos, mas sim no tempo dEle, no tempo que Ele predetermina pela sua excelsa sabedoria”. Depois, quando esta vitória veio, depois de tanta espera, tornou-se ainda mais grandiosa, ditosa, prazerosa e feliz. Glória pois ao Grande Deus! Todas as lutas e dificuldades enfrentadas, nos levam a uma importante reflexão: “Grande é a obra de Deus nesta Igreja e em nossas vidas”. Apesar do Inimigo ter se levantado muitas vezes, tentando impedir e barrar a obra, em todas elas, ele só se levantou para cair, pois Deus sempre foi, é e sempre será fiel. Vale exortar a todos os cristãos não só Batistas, mas também de outras Igrejas, a permanecerem “Firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o nosso trabalho não é vão no Senhor” (I Co 15.58). O desafio é grande, há muito por fazer, é preciso “arregaçarmos as mangas”, cada cristão verdadeiro precisa se comprometer pois “os campos do sertão estão prontos para a ceifa” e Deus quer nos usar como “preciosos vasos de honra”. Cremos que Araci será sacudida pela Palavra Profética, a “Revolução do Espírito” está a caminho. Os crentes que se deixarem santificar, serão usados poderosamente nesta grande obra. Muitos se converterão ao “Deus Vivo” que está acima das religiões e tradições humanas. E Araci finalmente será reconhecida como “A CIDADE CUJO DEUS É O SENHOR”. Nesta ocasião, eu como pastor, juntamente toda a Igreja, reafirmamos nossos votos e compromisso diante de Deus e da sociedade, de levar as boas novas do evangelho para todos aqueles que estão marchando a passos largos para a perdição, afim de que, arrependidos, possam reviver, encontrando em Cristo o perdão, libertação, cura e salvação. E como Paulo declaramos: “Uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo pelo prêmio da vocação celestial de Deus em Cristo Jesus”. (Fil. 3.13 e 14) Pastor João Rogério Mota Carvalho Cerqueira.

Nenhum comentário:

Jesus Alegria dos Homens

Programa Simplesmente Jesus - Entrevista Maiza Bonfim e Banda + D Deus Cultura FM 01.02.2013

Estudo Bíblico - 1ª Parte

Estudo Bíblico - 2ª Parte

Estudo Bíblico - 3ª Parte

Deixe aqui seu Email e receba nossas atualizações

Relógio Digital